Indústrias de conteúdo na América Latina

convergence

Por Cosette Castro

Este relatório apresenta um estudo conciso sobre a situação atual da arte sobre os meios de comunicação e as telecomunicações na América Latina com o objetivo de tornar-se uma referência na análise das indústrias de conteúdo na região. Enfoca, portanto, a implantação das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), assim como o uso da Internet, TV digital, rádio digital, celulares e a convergência tecnológica com o intuito de oferecer dados atualizados sobre a realidade da região.

Foram pesquisados 11 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, México, Uruguai e Venezuela. São Estados com diferentes níveis de desenvolvimento econômico, social e de crescimento no campo das TIC. Durante o estudo, foi observada também a relação de concentração das empresas de comunicação e de telefonia que, direta ou indiretamente, influenciam na adoção de políticas públicas dirigidas para a convergência digital e a incipiente indústria de conteúdos na América Latina.

O trabalho inclui uma parte teórica, baseada nos Estudos sobre Economia Política da Comunicação, no qual estão apresentados os dados atualizados de cada país. Além disso, mostra uma parte prática que oferece subsídios para a criação do futuro Observatório Latino-Americano das Indústrias de Conteúdo (OLICOM), por meio do desenho inicial do seu projeto e da apresentação de nomencladores e links que identifiquem e possibilitem a homogeneização das informações sobre as indústrias de conteúdo e sobre a convergência digital existente na América Latina.

Faça o download e confira o estudo na íntegra (em espanhol).